Bachiana Filarmônica SESI-SP e maestro João Carlos Martins trazem o melhor de Gustav Mahler para o Theatro Municipal

 Apresentação, parte da Temporada 2017, será realizada dia 11 de junho e continua a temática de “Tradição e Inovação”

Dando sequência à Temporada 2017, a Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência de seu maestro titular e diretor artístico João Carlos Martins, apresenta o concerto “The Best of Mahler”, uma homenagem ao grande compositor Gustav Mahler, dia 11 de junho, a partir das 17h. A apresentação será no Theatro Municipal, palco de tantas alegrias para João Carlos, e que neste ano se tornou a casa da temporada da Bachiana, que traz o tema “Tradição e Inovação”.

“Com o crescimento do nosso público, achamos que chegou a hora de entrarmos em Mahler. Neste concerto vamos mostrar toda a pujança da Bachiana Filarmônica SESI-SP com obras deste ícone. Vamos começar com suas melhores composições e ano que vem a ideia é escolher uma sinfonia completa”, conta João Carlos.

Para dar ao público a real importância de Mahler no século XX, a orquestra levará cerca de 100 elementos ao palco. João Carlos divide a regência com Edson Beltrami e, como sempre, ao final uma surpresa para todos os presentes.

 

Programa:

Bachiana Filarmônica SESI-SP
Regência João Carlos Martins e Edson Beltrami

1 – Mahler – Sinfonia nº 5

Adagietto
Regente – João Carlos Martins

 2 – Mahler – Sinfonia nº 5

Finale Rondó
Regente – Edson Beltrami

3- Mahler – Sinfonia nº 1

Stumisch bewegt – Energisch
Regente – João Carlos Martins

 

Temporada 2017 da Bachiana Filarmônica SESI-SP

Data: 11 de Junho
Local: Theatro Municipal
Endereço: Praça Ramos de Azevedo, s/n – República – São Paulo – SP
Horário: 17h
Classificação etária: 10 anos
Preço dos ingressos:
Setor I e II – R$ 50,00 (inteira) – R$ 25,00 (meia)
Setor III R$ 25,00 (inteira) – R$ 12,50 (meia)
Informações e vendas: http://www.compreingressos.com / (11) 2626-0857.

 

Maestro João Carlos Martins

O maestro João Carlos Martins se eleva a um patamar raramente alcançado por outros músicos brasileiros no século XX. Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Logo após, devido a problemas físicos, teve que abandonar a carreira de pianista, canalizando para a regência sua paixão pela música.

 

Bachiana Filarmônica SESI SP

A qualidade dos músicos da Bachiana Filarmônica, selecionados entre as melhores orquestras brasileiras, tem sido elogiada pelo mundo afora. São profissionais que fazem questão de aprimorar seu talento com trabalho e estudo. Assim, a orquestra, fundada em 2004, não tardou a ganhar o merecido reconhecimento. Após nove temporadas em que se apresentou pelo Brasil, encantou o público americano com cinco atuações de gala sendo 02 no Carnegie Hall em 2007 e 2008 e 03 no Lincoln Center em 2009, 2010 e 2011 – NY.

Fotos: https://www.flickr.com/photos/orquestrabachiana/
Crédito: Fernando Mucci