A Super Cycle é uma bicicleta aparentemente simples, mas quando você pergunta pelas funções que ela possui, pode se sentar, porque vai demorar para ouvir tudo. A bike inteligente foi apresentada pela Letv na Digital Experience, durante a CES 2016, em Las Vegas, e chamou a atenção pela quantidade de recursos muito úteis para quem anda de bicicleta e está sempre conectado.

Para começo de conversa, a bike possui, logo no guidão, um pequeno aparelho com sistema Android conectado. É por meio dele que o ciclista pode calcular sua rota usando o Google Maps, saber quanto andou, se guiar por meio do GPS e até parear a bike com o seu celular via Bluetooth.

O diferencial da Super Cycle, porém, é que parece que ela pensou em tudo o que o usuário pode precisar. Ao conectar seu smartphone à bicicleta, por exemplo, você pode rastreá-la sempre, até mesmo em caso de roubo. No entanto, não é muito fácil roubar a bicicleta da Letv: é possível travar as suas rodas apertando um simples botão que fica no quadro do veículo. E se, mesmo assim o ladrão insistir em levá-la, a bike está programada para soar um alarme quando é sacudida em seu modo “travado”.

O modelo traz um design diferente, com um ar meio futurista, embora não muito exagerado. No seu guidão você encontra mais funções interessantes espalhadas pelos vários botões disponíveis. Uma delas é acender luzes nas partes frontal e traseira da bicicleta. Outra, chamar amigos pelo walkie talkie se estiverem em um distância não muito grande. Por fim, quando conectada com uma câmera de ação vendida pela própria empresa, ela ainda é capaz de tirar fotos com o apertar de um botão.

Uma forma de recarregar as funções da bike é simplesmente pedalando – Foto: Marlon Câmara /TechTudo

A bike, com todos esses recursos, gasta energia. Para recarregar sua bateria de 8.400 mAh, no entanto, é só conectar em uma tomada, ou, ainda mais fácil: basta andar com a bicicleta por aí. Isso por que, ao ser utilizada, a invenção da Letv gera a própria energia necessária para seu uso.

Novidade, no entanto, ainda precisa de ajustes antes de chegar ao usuário final – Foto: Marlon Câmara /TechTudo

A novidade, porém, ainda parece precisar de uns bons ajustes antes de chegar de vez ao mercado – o que ainda não tem uma data certa para acontecer. Durante os testes, a bicicleta deu algumas “panes”, desligando o dispositivo Android sem motivo, ou até travando as rodas do nada. Ainda assim, a bicicleta está no caminho certo, e parece ser o futuro do segmento.


Also published on Medium.