Esse é o primeiro artigo de nosso parceiro Chico Ulivi, chief, enólogo, boa praça e é formado na Apicus – International Culinary and Culture School em Firenze, no coração da Toscana. Se especializou  em enologia e vinhos italianos.

De volta ao Brasil criou o Espaço Ulivi, onde realiza atividades no mundo da gastronomia mesclando experiências em uma só receita. Para conhecer o Espaço Ulivi em espacoulivi.com.br

Agora vamos lá…

Vinho é, antes de tudo, uma questão de gosto. O primeiro princípio é seguir suas afinidades com os diferentes vinhos para conseguir a aliança perfeita.

Harmonizar um vinho e uma receita é algo que muitos experts fazem todos os dias e os novatos querem imitá-los. Mas, vinho é, antes de tudo, uma questão de gosto. O primeiro princípio é seguir suas afinidades com os diferentes vinhos para conseguir a aliança perfeita.

 

Aguarde por mais surpresas gastronômicas do Chief Chico Ulivi

Carnes Vermelhas

Molhos Leves…

Tintos jovens, leves, sem ou pouca passagem por madeira.

Molhos Fortes com Sabores Acentuados…

Tintos médios corpos a encorpados. Dependendo da complexidade de sabores e temperos, utilize vinhos mais complexos, robustos e envelhecidos.

Grelhadas…

Carnes com pouca gordura pedem vinhos mais leves, mais gordurosas, vinhos mais estruturados, encorpados(taninos), suculentos e de álcool elevado.

Caças de Pêlo…

Tintos maduros(envelhecidos), encorpados e complexos.

Caças de Pena…

Tintos mais envelhecidos, delicados e alta complexidade.

Peixes & Frutos do Mar

Grelhados ou em molho leve ou crus (sushi)

Espumante brut ou demi-sec

Vinho branco seco frutado jovem ou levemente maduro

Evitar os vinhos brancos com presença de madeira (fermentados ou maturados em barrica), exceto no caso de peixes defumados.

Em molhos fortes 

Branco maduro de boa estrutura,

Rosé seco de qualidade

Tinto jovem de leve ou médio corpo

Bacalhau

Tinto jovem ou de médio corpo

Branco maduro, de bom corpo

Anchova, atum, salmão e sardinha 

Tinto jovem ou de médio corpo

Branco maduro

Rosé de boa estrutura

Massas

Fresco de massa mole (Frescal, Ricota, Requeijão)

Branco ou tinto jovem e leve

Fresco de massa filada (Mozzarela)

Branco ou tinto jovem e leve

Maturado de massa mole (Brie, Camambert e Coulommiers)

Branco maduro

Tinto jovem a maduro encorpado

Maturado de massa filada (Provolone)

Branco maduro

Tinto jovem ou pouco envelhecido

Maturado de massa cozida (Emmental, Gouda, Reino, Prato, Saint-Paulin, Tilsit, Port-Salut)

Tinto maduro de bom corpo

Maturado de massa semidura (Roquefort, Gorgonzola, Stilton, Danablue)

Tinto maduro robusto Branco doce superior

Fortificado doce

(Parmesão, Pecorino)

Tinto maduro robusto

Fortificado

Observação: Espumantes de qualidade, em especial os Champagnes, combinam com todos os tipos de queijo

Digestivos

Destilados de uva

Cognac, Armagnac e Marc (franceses), Bagaceira (portuguesa), Grapa ou Graspa(italiana), etc.

Carnes Brancas

Grelhadas ou em molho leve 

Espumante brut

Branco seco de boa estrutura, jovem ou maduro Tinto jovem ou de médio corpo

Grelhadas em molho forte 

Tinto maduro de médio corpo a robusto

Caças de penas, Pato, Coq au Vin 

Tinto maduro de médio corpo a robusto

Peru 

Tinto leve ou de médio corpo

Branco seco de boa estrutura

Foie Gras

Branco doce de alto nível(Sauternes, Tokay, etc.)

Fortificado doce (Porto Vintage, LBV, Colheita, etc.)

Espumante de qualidade (Champagne Milesimé, Espumante Tradicional, etc.)