Embora os termos e técnicas tenham origem nas tradições religiosas orientais, principalmente no Budismo, mindfulness é uma terapia de promoção à saúde sem qualquer reminiscência religiosa ou cultural, mas com sólida base científica.

Em termos históricos, mindfulness é uma tradução da palavra Sati, proveniente da língua pali. Sati é uma palavra de difícil tradução por se tratar de um conceito amplo do Budismo.

Mindfullness-for-mental-health-624x416Para o português, mildfulness pode ser traduzido como “atenção plena“ ou “consciência plena”. Mindfulness não significa meditação, mas refere-se a um estado ou característica da mente humana, descrita por todas as tradições religiosas e presente em todos os indivíduos, em maior ou menor intensidade. A meditação é uma das técnicas mais utilizadas para obter este estado mas não é o mesmo que mindfulness. De fato, níveis elevados de mindfulness podem ser atingidos sem meditar ( ex exercícios físico, esportes), por outro lado, nem todos tipos de meditação estão associados ao desenvolvimento de mindfulness.

Algumas das principais definições de mildfulness:

“Dar-se conta da experiência presente com abertura e aceitação” Christofer germer

“Simplesmente parar e estar presente, isso é tudo” Jon Kabat-Zinn

Estas definições incluem dois aspectos fundamentais: a capacidade de estar atento no presente momento de forma intencional e a aceitação de tudo que se apresenta

Nos próximos textos vamos aprofundar um pouco mais sobres estas duas características de Mildfulness e discutir sobre as técnicas e benefícios desta prática. Ate´ lá !

Baseado no livro “Manual pratico Mindfulness – curiosidade e aceitação” Demarzo M e Campayo JG